terça-feira, 3 de junho de 2008

1808

Resumo do livro 1808

A fuga da família real portuguesa para o Rio de Janeiro ocorreu em um dos momentos mais apaixonantes e revolucionários do Brasil, de Portugal e do mundo. O propósito deste livro, resultado de dez anos de investigação jornalística, é resgatar e contar de forma acessível a história da corte lusitana no Brasil e tentar devolver seus protagonistas à dimensão mais correta possível dos papéis que desempenharam duzentos anos atrás. ´1808 - Como uma rainha louca, um príncipe medroso e uma corte corrupta enganaram Napoleão e mudaram a História de Portugal e do Brasil´ é o relato sobre um dos principais momentos históricos brasileiro

Autor:
Laurentino Gomes

Encontre mais sinopses no blog: Sinopse do Livro

Um comentário:

Antonio disse...

1808 - Um ano que não deveria ter existido...

Para o Brasil, a América Latina e Portugal o ano de 1808 foi uma catástrofe. Sob a proteção da Marinha Britânica, uma corte corrupta e covarde fugiu de Portugal para garantir a integridade do território ultramarino português e as riquezas daqui extraídas e espoliadas pelos ingleses. Enganaram o povo português (não a Napoleão) e mudaram a História de Portugal e Brasil. A inexistência desta tragédia teria nos levado a uma Independência livre e soberana de origem e mérito dos que aqui já habitavam e conclamavam uma Pátria.
Os fatos ocorridos neste Anno Domini (1808) nos tolheu de construirmos essa Pátria que nos moldes EEUU/Inglaterra seríamos hoje Brasil/Portugal.

“O poder oligárquico é o pilar da política nacional, desde 1808, as despóticas oligarquias regionais tomaram o Estado brasileiro. O despotismo está Vivo!
(José Paulo Bandeira da Silveira - Doutor-PUC-São Paulo.)”

Antonio Rezende